Covid-19: São Rafael volta a ter aumento nos casos e prefeito não descarta a possibilidade de endurecimento das regras

O boletim epidemiológico atualizado na manhã deste sábado (20), continua registrando aumento nos casos do novo coronavírus.

Na sexta-feira (19/02), existiam 13 pacientes infectados, e neste sábado (20), já são 15.

Os casos confirmados no total, entre curados e óbitos; somam 382, sendo 360 venceram a doença, 07 foi o número de mortos deste a chegada do vírus no município. Atualmente 11 pessoas necessitam realizar testes para identificação do vírus.

O que tem chamado atenção é, o número de internados/transferidos que chegaram 03, o que retrata a gravidade da infecção em alguns pacientes.

Veja o boletim epidemiológico completo:

Em relação ao estado, o governo do Rio Grande do Norte recomendou aos municípios potiguares o fechamento de bares e restaurantes após às 22h. A medida, que consta na edição deste sábado 20 do Diário Oficial do Estado (DOE), foi sugerida pelo comitê cientifico à gestão estadual. A recomendação tem validade mínima de 14 dias.

O documento orienta a proibição de eventos e festas, sejam públicos ou privados. A comercialização de bebidas alcóolicas, bem como seu consumo em espaços públicos devem ser evitados após às 22h. Ainda orienta a implantação de barreiras sanitárias, fiscalização em pontos turísticos e maior atuação da força policial no combate às aglomerações foram outros pontos recomendados pelo decreto. Acesse ao documento: http://webdisk.diariooficial.rn.gov.br/Jornal/12021-02-20.pdf

A equipe jornalística do São Rafael notícias, em contato com o prefeito de São Rafael, Reno Marinho, na manhã deste sábado (20), informou que o município não descarta a hipótese do endurecimento das medidas através de decretos para coibir a disseminação do vírus no município.


"Essa semana estaremos discutindo com a secretaria de saúde e equipe epidemiológica essas ações". Afirmou, Reno Marinho

Os casos que geralmente que somava 02, até 05 casos em fase infecciosa, vem crescendo nas últimas duas semanas. Apesar das fiscalizações realizadas, o feriado de carnaval pode ter contribuído para o avanço dos casos, através de pequenas aglomerações desencadeadas por alguns cidadãos. Vale ressaltar que todo o RN passa por essa onda de ascensão da covid-19.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *