binary option strategy investopedia binary trading options usa truques macetes opções binárias what is binary option programa que traça linhas de tendência em opções binárias
Moradores de outras cidades poderão tomar vacina contra a Covid em Natal, diz prefeito

O prefeito de Natal, Álvaro Dias (PSDB), afirmou nesta quinta-feira 14 que moradores de outras cidades poderão receber a vacina contra a Covid-19 na capital potiguar. De acordo com o gestor municipal, não será exigida dos pacientes a apresentação de comprovante de residência em Natal no ato da vacinação.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde de Natal, para tomar a vacina, deverão ser apresentados pelos pacientes um documento com foto, cartão do SUS e comprovante de endereço. Apesar disso, o prefeito declarou que não será necessário residir em Natal para tomar a 1ª dose da vacina e que não será pedido nenhum termo de consentimento.

“A prefeitura não irá pedir assinatura de termo de consentimento, apenas dados de identificação e endereço dos vacinados para monitorar e reportar informações ao Ministério da Saúde em caso de efeitos colaterais. Também não é necessário morar em Natal para tomar a vacina. Pessoas de outros municípios podem vir a tomar a dose na capital” informou o prefeito.

De acordo com a prefeitura, o objetivo é iniciar a campanha de vacinação contra a Covid-19 na semana que vem. As doses serão encaminhadas pelo Ministério da Saúde.

A prefeitura anunciou nesta quinta-feira 14 que a campanha de vacinação contra a Covid-19 na cidade terá seis postos de imunização no formato drive-thru. Neste esquema, pacientes recebem o imunizante dentro do carro, o que minimiza os riscos de aglomeração perto das unidades de saúde.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, os postos de vacinação drive-thru serão instalados nos seguintes pontos:

  • Área externa do Shopping Via Direta;
  • Arena das Dunas;
  • Ginásio de Esportes Nélio Dias;
  • Palácio dos Esportes;
  • Cemure;
  • Ponto na Via Costeira (a ser definido).

Além dos seis postos drive-thru, 70 unidades básicas de saúde por toda cidade servirão de como postos de vacinação.

A primeira fase da campanha de vacinação será dividida em três subfases, de acordo com o planejamento municipal.

Na primeira, receberão a vacina trabalhadores da saúde e pessoas com mais de 75 anos de idade, além de indígenas e “pessoas institucionalizadas” com mais de 60 anos de idade – ou seja, que moram em abrigos, por exemplo. Na 2ª fase, o alvo serão pessoas com mais de 60 anos. Por fim, na 3ª fase, serão vacinadas todas as pessoas que têm comorbidades, como diabetes, pressão alta, doença renal, doenças cardiovasculares ou obesidade grave.

Esses grupos contemplam cerca de 70 mil pessoas. A prefeitura espera receber na próxima semana o suficiente para aplicar uma dosse nessa população. A segunda dose deverá ser aplicada semanas depois – o prazo exato vai depender do tipo do imunizante que será enviado pelo Ministério da Saúde.

Cerca de 1 mil profissionais estiveram envolvidos na campanha.

Fonte: AgoraRN

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *