tudo sobre suporte e resistência opções binárias binary option ojk apostila curso completo de opções binárias pdf strategy to read chats for binary options mercado de opções binárias horário
Secretaria de Saúde estima início de vacinação contra covid-19 em fevereiro de 2021 no RN

A Secretaria de Saúde do Rio Grande do Norte estima que o estado começará a vacinação contra covid-19 em fevereiro de 2021 e aguarda o plano de imunização nacional do Ministério da Saúde. Ao mesmo tempo, o estado negocia a CoronaVac, com o Instituto Butantan, de São Paulo, a um custo médio de R$ 5 por dose - a vacina ainda não foi aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

As informações foram confirmadas nesta quarta-feira (9) pela secretária adjunta, Maura Sobreira, que acompanhou a governadora Fátima Bezerra (PT) em Brasília para reunião dos governadores com o ministro da Saúde. O governo do estado também anunciou nesta terça (8) a intenção de adquirir doses da Coronavac.

"O Ministério da Saúde anunciou que em torno de 60 dias seria o prazo da Anvisa para avaliar essas vacinas que estão sendo protocoladas, encerrando a fase três de teste. Nesse sentido, a gente teria em fevereiro a disponibilidade desses imunobiológicos nos estados, para iniciar o calendário vacinal", afirmou a secretária em entrevista ao Bom Dia RN, da Inter TV Cabugi.

O Rio Grande Norte registrou na tarde de ontem (8) que a ocupação dos leitos críticos para a Covid-19 no estado superou os 70%, chegando a 71,7%. Em situação mais crítica, a Região Oeste bateu os 90% e o Seridó chegou a 80%.

A última vez que o estado ultrapassou a marca de 70% dos leitos críticos ocupados foi em 25 de julho - há mais de quatro meses -, de acordo com a plataforma. Naquela época, a tendência, no entanto, era de queda, após o estado ultrapassar os 95% exatamente um mês antes.

Dessa vez, a tendência é inversa: de crescimento. No dia 29 de novembro, o Rio Grande do Norte tinha 50,80% de ocupação dos leitos críticos para Covid-19. No dia 2 de dezembro, atingiu os 60,43%.

Já a Região Oeste não chegava a 90% desde o dia 2 de agosto, quando registrou 91,67% de ocupação. Desde lá, houve uma oscilação, que variou principalmente entre 50% e 70%.Mas, desde 26 de novembro, quando registrou 57,63%, a tendência tem sido de crescimento. Os 70% de ocupação foram superados no dia 1 de dezembro.

Já a Região Seridó chegou a 86% de ocupação depois de atingir 4,35% em 2 de novembro, pouco mais de um mês antes. A região teve ocupação de 44% no dia 3 de dezembro e chegou a 68% no dia seguinte.

A Região Metropolitana é, no momento, a com menor taxa de ocupação de leitos críticos, com 59,43%. Apesar disso, esse número é maior do que comparado a um mês atrás, quando, no dia 8 de novembro, a região tinha 39,64% de ocupação dos leitos de Covid-19.

Essa taxa na Região Metropolitana não é atingida desde 31 de julho, quando o estado teve 64,02%.

Internados

Segundo o boletim epidemiológico da Covid-19 divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde Pública do RN (Sesap), o estado tinha, na segunda-feira (7) 339 pessoas estão internadas por causa da Covid-19, sendo 169 na rede pública e 170 na rede privada. A taxa de ocupação dos leitos críticos (semi-intensivo e UTIs) era de 68% na rede pública e de 50,3% na rede privada.

G1-RN

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *