binary options edge blog best short term strategies for binary options manual de opções binárias pdf ranking das melhores corretoras de opções binárias why 30 min binary option cannot sale sistem trading di binary option iqoption.com binary options broker more
Bolsonaro sanciona lei que aumenta pena a maus-tratos a cães e gatos

 presidente Jair Bolsonaro sancionou, nesta terça-feira, uma alteração na Lei de Crimes Ambientais para aumentar a pena por maus tratos a animais quando a vítima for um cão ou um gato. O texto foi aprovado no último dia 10, pelo Congresso Nacional.

Durante a cerimônia que marcou a validação da lei, o presidente disse que tinha certeza que sancionaria, mas chegou a ficar em dúvida se seria com ou sem vetos. É porque a nova lei aumenta a pena desse tipo de crime de 3 meses a 1 ano para até 5 anos de prisão, enquanto que o abandono de incapaz continua com penas de seis meses a três anos. Bolsonaro afirmou que encontrou a solução.

A presidente da organização não governamental Miau Aumigos, Kelly Barroso, comemorou a sanção da lei e lembrou que 29 milhões de lares brasileiros têm cachorro e 11 milhões abrigam pelo menos um gato. Disse que os animais merecem nosso carinho e proteção. Kelly também destacou que a boa relação dos seres humanos com os bichinhos é vantajosa para nós e para eles.

Na prática, a mudança na lei faz com que o crime deixe de ser considerado de menor potencial ofensivo. Isso possibilita que a autoridade policial chegue mais rápido à ocorrência. O criminoso será investigado e não mais liberado após a assinatura de um termo circunstanciado, como ocorria antes. Além disso, quem maltratar cães e gatos passará a ter, também, registro de antecedente criminal e, se houver flagrante, o agressor será levado para a prisão.

Ao encerrar a cerimônia de sanção da lei, o presidente Jair Bolsonaro fez um pedido para que as pessoas intolerantes simplesmente não convivam com os animais, em vez de agredir os bichos.

Para denunciar maus tratos a animais, é importante ter evidências. É a partir desses indícios que qualquer pessoa pode procurar a polícia pelo telefone 190 ou nas delegacias. Em alguns estados já funcionam delegacias especializadas em meio ambiente ou em proteção animal. O Ministério Público e as secretarias de Meio Ambiente também recebem denúncias de maus tratos a animais em todo o país.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *