O ano de 2020 começou com ponto positivo para Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte.

Mil novos soldados irão integrar o efetivo policial, que após o período básico de formação, com duração média de 10 meses, os novos PM's estarão aptos a levarem a sensação de segurança e a manutenção da ordem pública aos cidadãos potiguares.

O último concurso para praças da PMRN ocorreu em 2005, deixando o estado com um déficit de quase 50% do atual efetivo.

O estado do Rio Grande do Norte, atualmente, conta sete mil policias no serviço ativo, quando por lei estadual o número de PM's não poderia ser inferior a 13,4 mil, sem contabilizar os militares da reserva remunerada.

A incorporação dos novos mil praças não vai suprir toda a necessidade existe, mas vai reduzir o déficit e preencher a lacuna existente na corporação.

Reportagem: Edineide Santos


Redação: Francivaldo Silva

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *